VOCÊ JÁ OUVIU FALAR SOBRE O PGRS?

O PGRS (Plano de Gerenciamento para Resíduos Sólidos) é um planejamento muito importante para o meio ambiente, já que através dele é possível fazer o manejo e o descarte de lixo corretamente, evitando exposições de riscos à vida. Ele também é essencial para o crescimento de empresas. Quer saber como? Então confere abaixo!

Com o desenvolvimento econômico e suas proporções, através da escala de produção e consumo, gerou um impacto direto no comportamento da sociedade, bem como no meio ambiente. Isso se dá porque estamos inseridos em um sistema linear que visa apenas a exploração dos recursos naturais, sem se preocupar com as limitações do nosso planeta. Consumimos mais do que necessitamos e descartamos mais do que podemos. E esse é um dos principais e grandes problemas que enfrentamos globalmente, pois impacta diretamente nos âmbitos ambientais, sociais, culturais e econômicos.  

No Brasil, existe uma Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) que trata sobre a Lei Nº 12.305/10 que visa a melhor forma de se administrar o lixo gerado pelos setores públicos e privados em municípios e estados como um todo. E ele é muito importante para que a fiscalização do gerenciamento de resíduos seja feita de forma correta. E é aí que entra o Plano de Gerenciamento para Resíduos Sólidos (PGRS)!

Palavras-chave: PNRS, gestão do lixo, PGRS, documento, desenvolvimento sustentável, descarte correto.

O QUE É PGRS?

O Plano de Gerenciamento para Resíduos Sólidos (PGRS) é um documento muito importante e obrigatório por lei em diversos municípios para grandes geradores de lixo, uma vez que ele deve se adequar com o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS). 

E não apenas um documento, ele cuida de toda parte da gestão do lixo, desde a sua produção, até o seu manejo e descarte, para que seja feito de uma maneira correta. É prezado dentro desse plano, maneiras de se evitar gastos, desperdícios, visando o desenvolvimento sustentável e diminuir os impactos no meio ambiente.

Através do PGRS é possível identificar quais tipos de resíduos são gerados e a quantidade em que eles são produzidos. Esse processo é importante para que possa ser entendido e estudado quais serão as maneiras corretas de destinação final de diferentes tipos de lixo gerado. 

E POR QUE O PGRS É TÃO IMPORTANTE?

Além de ser obrigatório por lei, o PGRS é necessário para estabelecimentos dos setores público e privado (como por exemplo, indústrias, empresas, serviços da área da saúde e dentre outros) que são geradores em potencial de resíduos perigosos ou não. E desse modo, ele contribui com o meio ambiente, evitando acidentes que possam oferecer riscos à vida humana e à natureza. Realizando o descarte correto desses materiais, o PGRS beneficia também o crescimento e desenvolvimento desses estabelecimentos, uma vez que visa também evitar desperdícios.

Logo, com a implementação do PGRS, além de estar contribuindo para o desenvolvimento ambiental como um todo, também leva capacitação, pois durante sua implementação é necessário que todos os envolvidos (supervisores e funcionários, por exemplo) sejam capacitados em relação a todos os processos que envolvem o plano, desde seu manejo, passando pelo armazenamento, até o descarte. Assim, a empresa cresce e seus agregados também se desenvolvem, adentrando para uma cultura mais consciente ambientalmente e autônoma. Pois são informações relevantes até mesmo no nosso dia a dia!

E COMO ELE É REALIZADO?

Muitas empresas oferecem  esse tipo de serviço e dentre elas, a Lótus Jr é uma empresa júnior que o realiza. Então, bora saber como fazemos este tipo de serviço?

Fonte: Lotus Jr.

Primeiramente, a Lótus Jr realiza uma visita técnica, onde uma equipe capacitada realizará o diagnóstico dos resíduos, fazendo a identificação (orgânico e inorgânico) e a quantificação desses materiais. Realizado o diagnóstico, começam os trabalhos de pesquisa sobre quais serão os melhores meios de descarte e como ele deverá ser realizado da melhor forma possível. Mediante a isso, ao termos todas as informações necessárias, começamos a desenvolver o plano no papel para que ele possa ser colocado em prática. 

Fazemos o estudo sobre o PMGIRS do município onde está localizado o setor para quem prestamos o serviço, para que o PGRS esteja de acordo com ele e com o PNRS. Assim, com todo material em mãos, construímos um documento que estabelece como será implementado o plano dentro do setor, com todos os detalhes de como deverá ser feito para que tudo ocorra bem. E dessa forma, contribuímos com o meio ambiente, com a sua empresa e com o país. Tornando nossa comunidade cada vez mais verde, informada e capacitada, já que empresas juniores visam o preparo de estudantes para o mercado de trabalho.

Créditos:

Redigido por: Ari Shinhe

Revisado por: Gabriela Alves e Letícia Mendes

Referências:

  • A IMPORTÂNCIA de um PGRS para o funcionamento de uma empresa!. [S. l.], 2020. Disponível em: https://sinergiaengenharia.com.br/noticias/a-importancia-de-um-pgrs/. Acesso em: 26 maio 2021.
  • A IMPORTÂNCIA DO PGRS PARA A SUA EMPRESA!. [S. l.], 2020. Disponível em: https://www.andradeengenharia.com.br/importancia-do-pgrs-para-a-sua-empresa/. Acesso em: 26 maio 2021.
  • O que é Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS)?. [S. l.], 2020. Disponível em: https://www.ecycle.com.br/politica-nacional-de-residuos-solidos-pnrs/. Acesso em: 26 maio 2021.
  • CONSULTA PÚBLICA SOBRE O PLANO NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS. [S. l.], 2020. Disponível em: http://consultaspublicas.mma.gov.br/planares/. Acesso em: 26 maio 2021.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *